Com palestras e roda de conversa, unidade conscientizou colaboradores sobre o câncer de mama

Para conscientizar e orientar o público sobre o câncer de mama, o Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino Amorim (Heja) realizou na última sexta-feira, 22, um dia de mobilização pela campanha Outubro Rosa na unidade de saúde.

Com palestras e roda de conversa, o hospital orientou os colaboradores, em especial as mulheres. A primeira palestra, ministrada pelo médico Breno Leite, abordou sobre a Campanha Outubro Rosa. O médico orientou, explicou e tirou dúvidas sobre a doença.

“Nas mulheres, o câncer de mama é o mais comum e o que é mais fatal: de acordo com o Instituto do Câncer (INCA), em 2020 a doença foi responsável por 29,7% dos diagnósticos. Porém, através do diagnóstico precoce, 95% das mulheres se recuperam, com tratamentos que são oferecidos tanto pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, relatou Breno Leite.

Duas técnicas de radiologia da unidade falaram sobre a importância da mamografia, exame de imagem que ajuda a detectar alterações nas mamas realizada com um aparelho de raio-x. O mamógrafo consegue identificar lesões benignas e cânceres, que na maioria das vezes aparecem como nódulos ou cistos.

É uma forma eficaz de detectar precocemente o câncer de mama antes mesmo de ser identificado pelo especialista por meio da palpação. O exame passa a fazer parte da rotina das mulheres anualmente após os 40 anos de idade”, explicou Yollanda Lobo de Sá.

A unidade realizou também uma roda de conversa com o tema: ‘Convivência com o câncer de mama’. Uma paciente do HEJA, que convive com a doença, contou sobre sua trajetória desde a suspeita, o diagnóstico e seu atual tratamento. Os colaboradores aprovaram a ação educativa. “Foi um dia de compartilhar histórias, conhecimentos e esclarecer dúvidas”, concluiu a coordenadora de enfermagem Mirian da Silva Pires Santos.

Ajustar fonte